carregando

Hamleto Stamato Trio

18 anos

Venda em andamento

Descrição:

Ponte Aérea, o novo CD de Hamleto Stamato, recria a atmosfera dos trios de samba jazz do final dos anos sessenta e celebra as três décadas de carreira do pianista.
O pianista, compositor, arranjador e produtor musical Hamleto Stamato comemora trinta anos de carreira lançando Ponte Aérea (Fina Flor), seu oitavo CD solo, ao lado dos amigos e parceiros Erivelton Silva, baterista, e Augusto Mattoso, baixista, que há anos completam seu trio.
O disco recria a atmosfera dos trios de samba jazz do final da década de  sessenta, com novos arranjos para releituras de standards brasileiros, além de duas músicas autorais inéditas.

O repertório, que privilegia a música brasileira, conta com os clássicos  O Morro Não Tem Vez e Garota de Ipanema, ambas de Tom Jobim e Vinícius de Moraes; April Child, de Moacir Santos, Jay Livingston e Raymond Evans; Berimbau, de Baden Powell e Vinícius de Moraes; Coisa nº 2, de Moacir Santos e A Rã, de João Donato e Caetano Veloso. As inéditas de Hamleto são Samba para o Pai e a faixa título Ponte Aérea. “Eu estou muito feliz de chegar aos 30 anos de carreira e poder registrar neste trabalho um pouco da riqueza do nosso cancioneiro, com a total liberdade de explorar tanto os arranjos quanto as interpretações” - Comemora Hamleto que, atualmente, vive na ponte Brasil-Holanda.

O cuidado de Hamleto com o projeto é visível, desde a escolha dos temas aos andamentos, da preparação dos arranjos à sua interpretação marcante, com solos articulados repletos de elementos que dão vivacidade e energia às improvisações. Ponte Aérea é um disco cheio de surpresas, com ampla variedade temática das composições. Hamleto Stamato é um músico com talento reconhecido no Brasil e exterior. Sobre ele comentou o saudoso e renomado jornalista José Domingos Raffaelli: “As qualidades de Hamleto como pianista afloram a cada momento, investigando as facetas melódico-harmônicas das composições com emoção, nuances e sutilezas, transformando suas performances em desafios de inventividade e sentido de forma. O autodomínio das suas improvisações repletas de forma e estrutura, seu supremo bom gosto e acentuado feeling, além do inerente balanço de execução, são pontos eminentes da sua criatividade”

Sessões:

;