carregando

Descrição:

Carolina Serdeira e Clara Castro dividem o palco em show na capital

Espetáculo será no dia 15 de dezembro, às 19h, no Teatro de Bolso SESIMINAS

Duas artistas da nova geração em uma noite de celebração à música mineira dividem o palco pela primeira vez.

Carolina Serdeira é a primeira a se apresentar. Celebrando 10 anos de carreira, a cantora tem no currículo o elogiado “Lembrete”, de 2013, Redescobrir Elis Regina (2018) e recém-lançado DVD gravado ao vivo em Juiz de Fora, sua cidade natal. Com seu canto suave e delicado é considerada uma das mais belas vozes do estado. Cantora desde criança, ela vai de bossa, samba, bolero e jazz. No dia 15 de dezembro a cantora fará apresentação inédita ao lado do violonista e compositor Samy Erick, com repertório que homenageia a cantora baiana Rosa Passos.

Em seguida, é a vez de Clara Castro fazer o show de lançamento do seu primeiro CD “Caostrofobia”. Já disponível nas plataformas digitais, o álbum possui 11 faixas, sendo que oito são canções autorais. Ficam fora desta lista “Caostrofobia”, com os parceiros Nathan Itaborahy e Renato da Lapa e “Corpo Só”, assinada em conjunto com a mãe da cantora, Glória Bittar.

Formada pela Bituca - Universidade de Música Popular, em Barbacena, onde mora, a jovem, de 23 anos, e com muita bagagem musical, revela seu legado artístico por meio da criação das letras, fruto de sua ligação com a literatura, cinema, teatro e arte, de forma geral. O disco, produzido por Rodrigo Campello, mescla rock, samba e baladas românticas. Para o show, a cantora de voz doce e marcante promete uma noite animada ao som de “Inverno Astral", "Sobe o Sol" (gravado em Nova Iorque), "Longe do Mundo", entre outras. Caetano Brasil (sopros), Chico Cabral (percussa~o), Douglas Poerner (baixo), Hugo Schettino (guitarra e violão), Nathan Itaborahy (Bateria) acompanham a cantora e compositora.

ATENÇÃO ESTUDANTES!

De acordo com a Lei Federal 12.933 e Decreto 8537 em vigência desde 1/12/2015, para ter acesso ao benefício da meia-entrada, o estudante deve apresentar a Carteira de Identificação Estudantil (CIE) expedida pelas entidades previstas em lei, obrigatoriamente com as seguintes informações:

- Nome completo e data de nascimento;
- Grau de escolaridade;
- Foto;
- Nome da instituição de ensino na qual o estudante está matriculado;
- Data de validade até o dia 31 de março do ano subsequente ao de sua expedição;
- Certificação digital observando o disposto no inciso 2º do Art. 1° da Lei nº 12.933, de 2013.

Carteiras de estudantes das escolas são documentos de identificação estudantil, mas se não estiverem de acordo com a Lei Federal 12.933 de 1/12/2015, não garantem o benefício da meia-entrada.

ATENÇÃO: Boletos bancários e comprovante de matrícula não são documentos válidos para o benefício da meia entrada.

Sessões:

;