carregando

Elza Soares - Deus é mulher

Livre

Venda em andamento

Descrição:

Elza Soares, ícone da música brasileira lança turnê do novo álbum, o impactante “Deus é Mulher" 

Vencedora do Grammy Latino, eleito disco do ano (2016) pelo The New York Times, além dos principais prêmios musicais e técnicos de 2015 e 2016, com o álbum “A Mulher do Fim do Mundo” sucesso no mundo, Elza lança turnê “Deus é Mulher”

 Uma das maiores personalidades da história da música popular brasileira, Elza Soares voltou de maneira avassaladora à cena musical no ano de 2015 em grande estilo com o show da turnê A Mulher do Fim do Mundo, o primeiro álbum de inéditas da carreira da artista. Assim que o disco foi lançado, no segundo semestre de 2015, o reconhecimento foi instantâneo. Passado algum tempo, o legado deste trabalho foi delineado como “o mais importante da década”, como bem frisou a coluna Tudo Tanto, da revista Caros Amigos. Desde o lançamento, o álbum já havia sido agraciado nacionalmente com os prêmios de "Melhor Show Nacional", da Folha de São Paulo e do Estado de São Paulo, de "Melhor Álbum", pela 

APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes) e de "Melhor Álbum de 2015" e "Melhor Música de 2015" 


Além da enxurrada de prêmio, Elza Soares é trilha da surpreendente série 3% da Netflix com a música (“Mulher do Fim do Mundo”). Em 2016, a artista cantou na abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Com lançamento do disco no exterior, a cantora arrebatou outras façanhas, além de uma turnê internacional pela Europa passando pelos principais festivais e teatros de Berlim, Utrecht, Londres, Aveiro, Porto e Lisboa, sempre com lotação máxima nos templos da música que se apresentou. Recebeu resenhas entusiasmadas nos respeitados The Guardian (“Surely the best Brasilian album of the year”) e Pitchfork, (“...one of the year’s most original and exhilarating listens”). Para coroar o exuberante resultado, a artista ganhou também o Grammy Latino 2016 por “Melhor Álbum de Música Popular”. O fim de 2016 trouxe mais listas e resultados surpreendentes para o trabalho. A Mulher do Fim do Mundo foi citado como “um dos 10 melhores discos do ano” pelo The New York Times, eleito “o melhor álbum de 2016” na Ípsilon, pelo público de Portugal, enquanto o Pitchfork o pontuou como “o 32melhor álbum de 2016”. Em 2017 a incansável Diva da música popular brasileira voltou a encabeçar as principais listas de premiações musicais com destaque para as indicações e premiação na 28° edição do Prêmio da Música Brasileira na categoria “Canção Popular” com o prêmio de “Melhor Álbum” para o disco “Elza canta e chora Lupi” 2016, registro em CD e DVD do trabalho da artista em homenagem ao emblemático cantor e compositor Lupicínio Rodrigues, músico responsável pelo primeiro sucesso de Elza Soares, a música “Se acaso você chegasse” do disco “A bossa-negra”

Sessões:

;