carregando

Descrição:

A comédia dramática se utiliza do universo das relações amorosas para refletir sobre a referência num modelo idealizado e padronizado que massacra a nossa singularidade, o que temos de mais criativo e espontâneo. Que fragiliza nossos sonhos e desejos mais profundos. Que gera insegurança e confusão; muita confusão. Modelos de ideal e perfeição que parecem garantir uma felicidade duradoura, caso sejam devidamente seguidos, mas que tantas vezes estão em desacordo com nossa experiência direta. Vivemos um tempo em que a superficialidade impera. Onde melhor é postar a foto do que desfrutar o momento. Melhor seguir o roteiro do que olhar pra si, do que buscar se compreender e conhecer o que nos traz de fato alegria e bem-estar. A tragédia desse referencial externo e ilusório é que nos distanciamos de nós. Do que há de mais íntimo e legítimo em nós. E, uma vez distantes de nós, distantes também de qualquer alegria e sentimento de realização genuínos. É aqui que o teatro pode nos ajudar a investigar onde estamos buscando felicidade. Onde acreditamos estar "o certo”. Existe um certo, um modelo único que sirva a todos? Onde está a nossa potência? Que relações ativam essa potência? E, para refletir, nada melhor do que contar histórias… 

O projeto conta com a experiência de 65 anos de carreira de uma das maiores atrizes e preparadoras de elenco do Brasil, a premiada Camilla Amado. O grupo de atores-criadores já está entregue à mestra, em processo de aprofundamento e aperfeiçoamento deste projeto para que alcance seu potencial máximo. Também confirmada a participação do amigo e mestre premiado na direção teatral, Daniel Herz, na colaboração artística. 

Sessões:

;