Acorda pra Cuspir

14 anos

Venda em andamento

Descrição:

“ACORDA PRA CUSPIR”, DO AUTOR AMERICANO ERIC BOGOSIAN,
 ESTREIA NO RIO COM ATUAÇÃO DE MARCOS VERAS
E DIREÇÃO DE DANIEL HERZ

 

“Wake up and smell the coffe” é o título original da peça de Eric Bolgosian. O autor já foi encenado no Brasil nas montagens de Sexo, Drogas e Rock’n Roll, Subúrbia e Talk Rádio. Bogosian também é ator e ganhou popularidade em Law &Order: Criminal Intent, como capitão Dann Ross. “Ao pé da letra, o título significa acordar e cheirar o café. Porém, aqui no Brasil não teria muito sentido, então escolhemos: “Acorda pra Cuspir”, que é equivalente a “se liga”, “acorda pra vida”, “faz alguma coisa”, etc”, detalha Marcos Veras, que dá vida ao personagem José Silva. “Acorda pra Cuspir” é uma crítica ao sistema social na atualidade, uma comédia ácida sobre a busca incessante por sucesso, fama e dinheiro. A tradução é de Maurício Guilherme e Daniel Herz assina a direção. Produzido por Rodrigo Velloni, o espetáculo estreia dia 20 de janeiro no Teatro Nair Bello – Shopping Frei Caneca e fica em cartaz até 26 de março.

 “Veras interpreta José Silva, um homem que se vê refém das cobranças da sociedade, no sentido de querer se dar bem, ser bem sucedido”, conta Herz. O personagem pretende conquistar um espaço no “mundo de celebridades”, não importa que para isso tenha que passar por cima dos amigos e da família, fazendo qualquer tipo de sacrifício estético, profissional ou sentimental. No decorrer da trama Zé começa a se posicionar de maneira diferente devido a trajetória revolucionária que seus pensamentos percorrem. Um espetáculo que utiliza o humor para trazer à situações do cotidiano novos ângulos de observação. “Acorda pra Cuspir é um monólogo que vai de encontro com o momento em que vivemos, uma peça sobre o ser humano”, conta o ator.

“Estava querendo fazer algo mais provocador, ainda que seja comédia; porque amo fazer! Tem Riso mas tem drama. A plateia se surpreende positivamente e se identifica com o discurso do personagem. A gente está sempre buscando a felicidade através das redes sociais. Estamos mais preocupados em parecer ser do que realmente ser.”, detalha Veras, que se interessou por Bogosian em 2012, quando assistiu Bruno Mazzeo em Sexo Drogas e Rock’nRoll. “Acorda pra Cuspir” fala de egoísmo, individualismo e ambição, no pior sentido da palavra, toca em assuntos que muitas vezes passam desapercebidos. “Fizemos um trabalho forte para chegar à essência que realmente teria força nessa transposição para o Brasil, que tivesse impacto no nosso público”, ratifica Herz.

         “Espero com essa comédia afiada de Eric Bogosian, com direção de Daniel Herz e atuação refinada de Veras, oferecer ao público um reflexo da loucura dos tempos modernos. Porque o teatro pode transformar”, conta o produtor e idealizador do projeto “Acorda pra Cuspir”. A cenografia de Fernando Mello da Costa é elemento fundamental na concepção da montagem. “São vários bonecos, como se fosse uma multiplicação de José Silva. Todo jogo cênico é proposto a partir daí”, descreve o diretor. Duda Maia, diretora de AUÊ, assina a direção de movimento e a iluminação é de Aurélio de Simoni. O multi mídia André Abujamra compôs músicas inéditas para a montagem e a trilha instrumental é responsável pela ambientação e costura do espetáculo. 

;