Descrição:

A comédia de autoria de Achileu Nogueira Neto, desenvolvida pela Cia dos Ícones, é exatamente o Desafio do Convento de Tomar, apresentando a “Farsa de Inês Pereira” dentro do contexto em que ela foi criada, no qual Gil Vicente responde a seus acusadores com sua própria arte, provando ser um mestre do teatro mundial que desafia os séculos com sua obra. Acusado de plagiar as obras do teatro espanhol de Juan Del Encina, Gil Vicente recebeu de seus acusadores um tema: “MAIS QUERO ASNO QUE ME LEVE QUE CAVALO QUE ME DERRUBE”. A partir deste, ele teria de fazer uma peça, e fez. Assim, Gil Vicente criou a “Farsa de Inês Pereira”, que conta a história de uma jovem que vive a indecisão de casar-se com um fazendeiro rico, forçada pela família, ou com um farsante, escudeiro e músico, envolvida na embriaguez de seus próprios sonhos. Venceu o desafio e ainda ridicularizou seus desafiadores colocando referências a estes em cena. A peça foi apresentada pelo próprio Gil Vicente em 1523 para o Rei D. João III no Convento de Tomar.

;