carregando

Arranco de Varsóvia

18 anos

Venda em andamento

Descrição:

Grupo formado em 1994 por músicos e cantores com trabalhos solos anteriores. Em suas duas formações constam Paulo Malaguti (piano, teclado e voz), Rita Peixoto (voz), Soraya Ravenle (voz), Eveline Hecker (voz), Muri Costa (violão, bandolim, cavaquinho e voz), Cacala (voz), Andréa Dutra (voz) e Elisa Queirós (voz).

O grupo fez também várias participações em CD de outros artistas: “Cantoria”, de Hermínio Bello de Carvalho em 1995, “Grande tempo”, de Fátima Guedes em 1995; “Agô! Pixinguinha 100 anos”, pela Som Livre, em 1997, organizado por Hermínio Bello de Carvalho; “50 anos”, de Aldir Blanc, pela Alma Produções Artísticas, em 1996, interpretando a faixa “Vim sambar”, de João Bosco, Aldir Blanc e Cacaso. Participou também do CD “Simpatia 15 carnavais”, independente, de 1998, do Bloco Carnavalesco Simpatia é Quase Amor, do Rio de Janeiro. Ainda em 1998, o grupo foi convidado a participar da “Noite brasileira”, na “Expo-98”, em Lisboa. Nas participações especiais de seus discos estiveram presentes: Pedro Amorim e Vítor Santos, na faixa “Nega do cabelo duro”, de Rubens Soares e Davi Nasser; Beth Carvalho em “As rosas não falam”, de Cartola; e Nelson Sargento em “O sol nascerá”, de Cartola e Elton Medeiros.

Ainda nos anos 1990, lançou os CDs “Quem é de sambar” (1997) e “Samba de Cartola” (1998), este último eleito um dos dez melhores do ano pelo jornal “O Globo”.

Em 2014 lançou, pelo selo Mills Records, o CD “Na panela pra dançar”, com arranjos e produção de Paulo Malaguti, autor da faixa-título, em parceria com Valmir Vignolli.

Sessões:

;